Trabalhadores da Condupar, em Itatiba, cruzam braços por ticket, convênio e refeitório

Trabalhadores da Condupar, fabricante de condutores elétricos em Itatiba, cruzaram os braços na manhã desta segunda-feira (15) e se recusaram a iniciar o turno de trabalho após a empresa cortar benefícios de seus funcionários.

Diretores do Sindicato dos Metalúrgicos de Itatiba e Região acompanham a mobilização diante da empresa e aguardam a chegada do proprietário ao local para dialogar sobre a situação dos trabalhadores.

A categoria cobra a retomada da concessão do ticket alimentação e do convênio médico, benefícios que foram retirados, e refeitório adequado para que possam fazer suas refeições. A empresa atua hoje com três turnos de trabalho e o grupo que deveria começar a trabalhar na manhã desta segunda-feira (15) decidiu não entrar enquanto não tiver um posicionamento da Condupar.

“É uma situação complicada esta. Diante da crise enfrentada pelo País, o sindicato compreende a dificuldade das empresas, mas elas precisam também entender o lado de seus trabalhadores. Eles têm seus direitos e estão lutando por eles”, diz Igor Tiago Pereira, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Itatiba e Região.

FacebookTwitterGoogle+WhatsApp

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *