Acordo no TRT15 põe fim à greve na Sogefi

 

Terminou nesta quarta-feira (29) a greve dos metalúrgicos da Sogefi, de Jarinu. Em mesa redonda realizada sob a presidência do desembargador Jorge Luiz Costa, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª Região, em Campinas, diretores da indústria, comissão de trabalhadores e diretores e o corpo jurídico do Sindicato dos Metalúrgicos de Itatiba e Região firmaram um acordo quanto ao pagamento do PLR (Participação nos Lucros e Resultados) deste ano de 2016, impasse que provocou a greve, deflagrada na última sexta-feira (24).

Pelo acordo proposto pelo Ministério Público do Trabalho, e aceito pelas partes, os metalúrgicos receberão R$ 2.500,00 de PLR, sendo 50% (R$ 1.250,00) a ser pago no dia 29 de julho de 2016 e a segunda parcela, de igual valor, a ser paga no dia 30 de janeiro de 2017.

213a7be3-c08e-40f7-b517-98e573739139 629e04a7-6680-49a5-8cb4-59a7c78497d0 3530d1ea-85db-4d94-8029-f4bae585eb37 4763dfd2-6637-43c8-9bf9-aff47c370074 a17ee5b2-3f18-4a21-92cc-c90c6b148144

A compensação dos dois dias inteiros e duas horas paradas com a greve também ficou acordado entre as partes. Os metalúrgicos compensarão créditos existentes nos sábados (9 e 16 de julho), para pagar os dias inteiros, e as duas horas restantes serão compensadas com uma hora por turno.

Para Igor Tiago Pereira o acordo foi uma vitória para os metalúrgicos, uma vez que a proposta da empresa, que ensejou na greve, era o parcelamento do pagamento em mais vezes, redução dos valores e ainda o cancelamento do auxílio moradia, oferecido em acordo firmado junto ao Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, quando da mudança da indústria para Jarinu.

“Nosso departamento jurídico, através dos advogados Marcel Sakae Sotonji e Ahmad Nazih Kamar foi de crucial importância para a resolução do impasse. A categoria sai mais uma vez fortalecida. Mostramos que estamos atentos e não permitiremos que nossos metalúrgicos percam direitos. No final a mesa redonda mostrou a importância de todos os elos desta cadeia”, finalizou Tiago.

O terceiro turno de hoje já retorna ao trabalho normalmente. Amanhã ocorrerão duas assembleias, de 30 minutos cada, antes dos dois turnos, para o esclarecimento e comunicados à categoria.

FacebookTwitterGoogle+WhatsApp

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *