Metalúrgicos da Delga rejeitam proposta de PLR e entram em estado de greve

 

Os metalúrgicos da Delga, de Jarinu, rejeitaram, em assembleia realizada na tarde desta terça-feira (5), a proposta da diretoria da empresa para o pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de 2016. Com a rejeição da proposta, os metalúrgicos anunciaram estado de greve de 48 horas. A assembleia foi liderada por diretores do Sindicato dos Metalúrgicos de Itatiba e Região.

WhatsApp-Image-20160705-(2) WhatsApp-Image-20160705-(5) WhatsApp-Image-20160705-(6) WhatsApp-Image-20160705

Pela proposta da diretoria da Delga, os trabalhadores da empresa receberiam uma PLR de R$ 200,00, rechaçado pela maioria dos metalúrgicos. “Desde janeiro estamos tentando negociar um acordo com a diretoria da Delga, e agora eles nos apresentam esta proposta que é difícil até de acreditar, tamanha a falta de vergonha na cara. Temos informações que em outras unidades do grupo Delga, como em Diadema, por exemplo, a PLR gira próximo a 5 mil reais, e aqui, desde o ano passado eles estão protelando. Não admitimos esse tipo de discriminação com os trabalhadores”, destacou o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Itatiba e Região, Igor Tiago Pereira.

“Logo após a assembleia foi protocolado ofício de estado de greve por 48 horas, período que a empresa terá para apresentar uma contraproposta para ser aprovada em assembleia, caso contrário deflagraremos uma greve geral na Delga. Não podemos permitir jamais que os direitos de nossa categoria sejam pisoteados pelos patrões”, afirmou Tiago.

FacebookTwitterGoogle+WhatsApp

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *