SindMetal Itatiba disponibiliza serviço gratuito de preenchimento da Declaração de Imposto de Renda

 

O Sindicato dos Metalúrgicos de Itatiba e Região (SindMetal Itatiba) vai oferecer este ano, mais uma vez, o serviço de preenchimento e envio do Imposto de Renda de Pessoa Física 2017, referente ao ano-base 2016. As declarações começam a ser recebidas pela Receita Federal do Brasil a partir do próximo dia 2 de março e os interessados podem procurar a sede e subsedes do SindMetal a partir de 6 de março.

“Este é mais um benefício que concedemos a nossos trabalhadores sindicalizados. Sabemos da dificuldade que muitos têm de fazer suas declarações, então, desde 1998, oferecemos esta facilidade a estes trabalhadores, de forma gratuita, em nossa sede, em Itatiba e nas subsedes de Vinhedo e Itupeva”, destaca Igor Tiago Pereira, presidente do SindMetal Itatiba.

imposto-de-renda-2017

Em 2016 foram realizados mais de 500 preenchimentos e envios de declaração para sindicalizados, segundo Ana Rosa Del Cor, responsável pelo serviço no SindMetal Itatiba.

O atendimento na sede do Sindicato, em Itatiba, ocorrerá às segundas e quartas-feiras, das 8h às 18h. Em Vinhedo, os trabalhadores poderão procurar a subsede do SindMetal nas terças-feiras das 8h às 17h. Já em Itupeva, o atendimento será às quintas-feiras das 9h às 16h30.

Os interessados deverão levar os seguintes documentos para terem seus impostos preenchidos:

  • comprovante de rendimento da empresa (contracheque/holerite);
  • extratos bancários;
  • extratos de pagamento do ano de 2016 da casa própria (financiada);
  • comprovante de pagamento 2016, escola, faculdade, convênio médico etc;
  • quem adquiriu casa própria financiada em 2016 levar contrato;
  • aposentados: comprovante de rendimento do INSS 2016 ou trazer nº do benefício;
  • todos os dependentes acima de 12 anos tem que ter CPF;
  • esposa que declara separado do marido trazer nº do CPF do marido;
  • marido que declara separado da esposa trazer CPF da esposa;
  • quem paga ou recebe pensão alimentícia trazer comprovante de pagamento ou recebimento;
  • quem adquiriu veículo em 2016 trazer documento do carro e se for financiado o carnê;
  • quem vendeu veículo em 2016, trazer nome e CPF de quem comprou;

Quem deve declarar?

De acordo com a Receita Federal, deverá declarar, neste ano, o contribuinte que recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2016. Quem optar pelo desconto simplificado, abre mão de todas as deduções admitidas na legislação tributária em troca de uma dedução de 20% do valor dos rendimentos tributáveis, limitada a R$ 16.754,34, mesmo valor do ano passado.

De acordo com a Receita Federal, também estão obrigados a declarar o Imposto de Renda neste ano:

  • Os contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado.
  • Quem obteve, em qualquer mês de 2016, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.
  • Quem teve, em 2016, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;
  • Quem teve, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil.
  • Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro de 2016.

Ana Rosa conclui destacando que quem declarar o Imposto de Renda antes tem chances de receber sua restituição já nos primeiros lotes, que começam a ser depositados a partir de 15 de junho. Para não associados do SindMetal Itatiba, é cobrada uma taxa de R$ 30,00, por declaração.

 

FacebookTwitterGoogle+WhatsApp

Você pode gostar...