Diretoria do SindMetal Itatiba participa hoje, em Brasília, do 1º Encontro Nacional da Mulher Trabalhadora da CSB

 

O Dia Internacional da Mulher, celebrado neste 8 de março em todo o mundo, foi a data escolhida pela diretoria da CSB – Central dos Sindicatos Brasileiros para a realização do 1º Encontro Nacional da Mulher Trabalhadora, que reúne, hoje e amanhã, em Brasília, dezenas de dirigentes sindicais mulheres para a discussão dos direitos da classe feminina.

WhatsApp Image 2017-03-08 at 09.27.12 WhatsApp Image 2017-03-08 at 09.27.21 WhatsApp Image 2017-03-08 at 09.27.24 WhatsApp Image 2017-03-08 at 09.27.28 WhatsApp Image 2017-03-08 at 09.44.14 WhatsApp Image 2017-03-08 at 09.44.17 WhatsApp Image 2017-03-08 at 09.44.25 WhatsApp Image 2017-03-08 at 09.44.34

O encontro teve início há pouco contando com a presença de inúmeras autoridades sindicais, como o presidente, o vice-presidente e o diretor financeiro do Sindicato dos Metalúrgicos de Itatiba e Região (SindMetal Itatiba), Igor Tiago Pereira, Carlos Adriano de Lima e José Avelino Pereira, o Chinelo, respectivamente. Também participam do evento dirigentes sindicais ligados ao SindMetal e a presidente do Sindicato das Empregados Domésticos de Araçatuba e Região, Renata Custódio Pereira Cardoso.

Para Chinelo, muito mais do que apenas celebrar o Dia Internacional da Mulher, o Encontro tem como objetivo discutir o direito da mulher trabalhadora, que ainda hoje, em pleno século 21, recebe salários menores do que o dos homens e ainda ocupa menos lugares na hierarquia das empresas.

O presidente do SindMetal Itatiba destaca ainda que na base do sindicato cerca de 40 a 45% dos metalúrgicos são mulheres. “Precisamos valorizar a mulher trabalhadora. Por isso estamos em Brasília desde a última segunda-feira, participando da Executiva Nacional da CSB, onde discutimos, dentre outros pontos, nosso desconforto para com a proposta do governo, para citar apenas esta, de igualar a idade de homens e mulheres de se aposentar. Isso é um absurdo”, destacou Tiago.

Em sua saudação inicial na abertura do encontro, ocorrido há pouco, o presidente da CSB, o sindicalista Antonio Neto, emocionado, destacou que este 1º Encontro da Mulher Trabalhadora da CSB, tem como objetivo empoderar as mulheres, líderes sindicais, para, assim, fortalecer mais e mais a classe trabalhadora feminina. “Essa não é uma luta da mulher, mas sim uma luta nossa, de homens e mulheres, mulheres e homens…”, finalizou Antonio Neto.

FacebookTwitterGoogle+WhatsApp

Você pode gostar...